?>

Falta de cálcio: entenda os sintomas do déficit do mineral

+ + + + +

O cálcio é um elemento fundamental para o bom funcionamento do corpo. Felizmente, a lista de alimentos que contam com o mineral é longa e, além de leite e seus derivados, que é o primeiro pensamento quando falamos em cálcio, ele também está presente em brócolis, espinafre e tofu, por exemplo.

O ideal é que a dieta diária preveja a ingestão de certa quantidade de elementos que levam o mineral em sua composição. Isto é uma garantia de que a falta do elemento não será sentida pelo corpo.

No entanto, além da ingestão baixa de alimentos com cálcio no organismo poder causar o déficit no corpo, podem ser outros os motivos para que a condição aconteça. Algumas síndromes genéticas, a ingestão de alguns medicamentos e a falta de vitamina D são situações que dificultam a absorção do cálcio pelo corpo.

Caso haja um déficit no mineral no corpo, a longo prazo sintomas diversos começam a aparecer, alertando que algo no organismo não está bem. Com o passar do tempo, algumas doenças podem surgir.

Mas quais são estes sintomas?

A falta do cálcio no organismo resulta em sintomas dos mais diversos. Alguns dos sinais que são comumente relatados por pacientes que apresentam esta deficiência são: confusão, espasmos, câimbra, falta de memória, fraqueza nos ossos, aumento da presença de cárie, aumento da pressão arterial, maior susceptibilidade à irritabilidade, sensação de formigamento nos membros e no rosto e até alucinações.

Como aumentar a absorção do mineral?

Inicialmente, é preciso destacar que a principal maneira de aumentar a presença do cálcio no corpo, é consumindo alimentos que sejam fontes ricas do mineral. Esta deve ser uma preocupação em qualquer idade.

No entanto, é preciso ajudar o corpo a absorver e reter o cálcio no organismo. Isso acontece, principalmente, com o aumento da vitamina D no corpo. Raios solares são uma maneira saudável de aumentar a presença desta vitamina no corpo, no entanto, alguns alimentos possuem a presença dela também como bife de fígado, atum, sardinha, ovos, cogumelos, leite e queijo fortificados.

Em alguns casos, pode ser necessária a suplementação alimentar. No entanto, apenas o médico pode entender esta necessidade.

Assistência especializada

A AssisteMed tem uma clínica completa no centro de Belo Horizonte, com nutricionistas capazes de prescrever dietas que atendam todas as necessidades do organismo. Possuímos uma equipe extremamente competente, capaz de orientar e fazer um diagnóstico mais apurado de cada caso.

Para marcar sua consulta, entre em contato pelo telefone (31) 2010-5000, pelo WhatsApp (31) 2342-1200 ou pelo formulário em nosso site.