Dia da Saúde e da Nutrição: como ter uma dieta mais saudável

+ + + + +

O cuidado com a saúde começa muito antes da procura por um atendimento médico. O estilo de vida, práticas adotadas e a maneira como cada um se comporta são fatores determinantes na maneira como o corpo reage às diversas situações que enfrenta. A Organização Mundial da Saúde (OMS) salienta que o consumo de uma dieta saudável é vital para prevenir a má-nutrição, diabetes, câncer e outras doenças crônicas não transmissíveis. Neste dia 31 de março, quando é celebrado o Dia da Saúde e da Nutrição, a AssisteMed convida a todos para refletir sobre a própria relação com os alimentos que consome.

Em 2021, acreditando no propósito da promoção de uma boa alimentação, a OMS lançou o “Quadro de ação para desenvolver e implementar políticas públicas de compras e serviços de alimentos para uma alimentação saudável” que reforça cinco princípios básicos para uma dieta qualificada: redução e limitação da ingestão de açúcares, diminuição do consumo de gorduras saturadas, limitação do consumo de sódio, priorização da ingestão de grãos inteiros, vegetais, frutas e legumes e garantia de hidratação com água potável e saudável.

Este guia salienta que, além de ser uma atitude individual, o fomento de uma dieta saudável deve vir também do poder público. Cabe aos governos a criação de políticas públicas que garantam a todos a uma alimentação rica em nutrientes e sem excessos. Ambientes comunitários devem privilegiar a distribuição de alimentos saudáveis.

Anualmente, são registradas 8 milhões de mortes por alimentação inadequada em todo o mundo. Este número é alarmante e reforça o posicionamento da OMS em pedir políticas públicas condizentes com a necessidade nutricional da população global.

Hábito começa na infância

O Ministério da Saúde alerta que a nutrição saudável é um hábito que precisa ser reforçado desde os primeiros anos de vida. A criança deve ter aleitamento materno exclusivo até os seis meses de vida. Após essa fase, a amamentação poderá ser feita de maneira complementar até dois anos de vida.

Muitos dos adultos que se tornaram obesos eram crianças que já apresentavam sobrepeso e mantinham uma dieta desequilibrada. Ainda há o agravante de que é no início da vida que ocorre a formação, o crescimento, o desenvolvimento celular e o gerenciamento das informações genéticas. O excesso de peso do indivíduo pode provocar problemas de saúde como diabetes, hipertensão, doenças cardiovasculares e obesidade mórbida.

Também é importante salientar que, em cada fase da vida (criança, adolescente, adulto ou idoso), o ser humano possui diferentes necessidades alimentares e a ajuda de um nutricionista é de grande valia para identificar quais as demandas de cada corpo.

Assistência profissional de excelência, em condições especiais

Mudar a alimentação é um passo importante de autocuidado. Tome esta atitude pelo seu corpo. A AssisteMed possui uma clínica completa no centro de Belo Horizonte, com nutricionistas capacitados para te guiar rumo a uma vida mais saudável. Para marcar sua consulta, entre em contato pelo telefone (31) 2342-1200 ou pelo formulário do nosso site (https://assistemed.com/).